Saiba como foi a primeira parada LGBT de Cachoeirinha

Na tarde do dia 4 de novembro, aconteceu a primeira parada LGBT de Cachoeirinha. Sediado no Parcão Municipal, o evento contou com a participação de centenas de pessoas de todas as idades e reuniu apresentações de dezenas de artistas. Sob o slogan “Sexualidade não muda o caráter e para o amor não existe barreiras” o evento foi promovido pela prefeitura da cidade em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo.

A drag queen Magnólia Summer, apresentadora e idealizadora do evento, revelou que luta pela iniciativa há oito anos. “Eu queria trazer esse movimento pra minha cidade há oito anos e só esse ano a gente conseguiu um governo que abraçasse a iniciativa LGBT. A gente busca respeito e igualdade na cidade porque eu acredito que se nós podemos votar nas eleições, nós merecemos ser respeitados por toda a cidade”, revela.

Os participantes puderam aproveitar shows de dança durante toda a tarde. Para o estudante Felipe Machado, a parada foi um diferencial para a cidade. “Estou achando muito legal porque o pessoal tá conseguindo se entrosar e é bom poder ter esse tipo de evento não só em um lugar como Porto Alegre, mas, sim, em outros lugares, fica mais acessível”, afirma o jovem que veio de Gravataí prestigiar a parada.

A deputada estadual Luciana Genro esteve no Parcão para acompanhar o evento. “É muito importante eventos como esse, especialmente, na conjuntura política que a gente vive, onde os avanços conquistados pela comunidade LGBT estão sendo ameaçados por causa da vitória do Bolsonaro. Então é muito bom que Cachoeirinha esteja tendo essa iniciativa”, acredita.